Tratamentos

Teleangiectasias (vasinhos)

Os vasinhos (teleangiectasias) que aparecem nos membros inferiors podem ser tratados por diversas técnicas. As mais comuns são o laser e a escleroterapia, chamada comumente de “secagem de vasos”, e que consiste na injeção de um agente irritante dentro dos vasinhos para provocar inflamação desses e seu conseqüente fechamento.

Os medicamentos mais utilizados para esse tratamento são a glicose a 75% e o polidocanol.O objetivo do tratamento é exclusivamente de natureza estética e se destina unicamente aos vasinhos, e também não previne surgimento de vasos nem de varizes no futuro.

Varizes normalmente não são tratadas por essa técnica e podem precisar de tratamento cirúrgico. Não é possível quantificar o número de sessões de escleroterapia necessárias pois o resultado de cada sessão dependerá da resposta que o paciente irá apresentar. Após as sessões, pode-se ter atividade totalmente normal, incluindo trabalhar e praticar atividades físicas.

O intervalo ideal entre as sessões é de uma semana, podendo ser feita sem intervalos maiores. Pode haver edema (inchaço) leve nos locais tratados e que desaparece pós algumas horas, e hematomas, que devem ser tratados com pomadas como o Hirudoid.

Pede-se ao paciente que evite expor a perna ao sol por ao menos 5 dias após cada sessão de escleroterapia pois a pele fica sensibilizada e pode manchar. Isso inclui não só tomar sol em praias ou piscinas, mas também o uso de shorts, saias e Bermudas que exponham a pele das pernas.